fbpx

Vendas de materiais de construção superam período pré-pandemia.

Estudo da Juntos Somos Mais revela que o varejo vem contornando a crise, dando fôlego à indústria, mesmo na quarentena

Embora o isolamento social tenha impactado o comércio em todo o país, o setor de materiais de construção vem se recuperando. As vendas da indústria em maio superaram o período pré-pandemia, com o varejo apostando mais no e-commerce.

“A queda em materiais de construção foi bem menor do que em outras atividades. Na maior parte das cidades, o setor foi considerado como comércio essencial. Além disso, atribuimos o desempenho também aos consumidores ficando muito mais tempo em casa”, diz Antonio Serrano, presidente da Juntos Somos Mais.

Durante a quarentena, o consumidor sentiu necessidade de fazer reparos em casa e isso aumentou a demanda por materiais de construção. Neste contexto, materiais de acabamento registraram uma procura maior do que materiais básicos, como cimento, por exemplo. 

Perspectivas

O resultado do levantamento indica uma melhora de perspectiva quando comparada à pesquisa realizada em 17 de abril, quando apenas 22% das empresas acreditavam que, em 2020, teriam um faturamento próximo a 2019.

“A construção civil é sensível ao nível de confiança na economia e ao emprego”, diz Serrano. “Mas o setor é resiliente.”

Fonte: http://vbconstrutorasorocaba.com.br/wp-admin/post.php?post=714&action=edit